Famoso por suas paisagens de folhas secas e pelo caráter poético da transição, o outono chega com grandes preocupações para quem sofre de problemas respiratórios. Pais e mães de crianças com asma sabem muito bem que, sem os cuidados adequados, a estação pode significar noites mal dormidas, queda de atenção na sala de aula e falta de qualidade de vida.

O outono é a estação do ano que ocorre após o verão e antes do inverno; no hemisfério Sul, começa entre os dias 20 e 21 de março e termina entre 20 e 21 de junho. De forma resumida, suas principais características são:

  • Noites mais longas que os dias à medida que a estação avança;
  • Aumento da incidência de ventos;
  • Redução das temperaturas;
  • Maior incidência de nevoeiros pela manhã;
  • Diminuição da umidade do ar;
  • Em algumas regiões, queda das folhas;
  • Diminuição da fotossíntese diante da menor incidência de iluminação solar;
  • Geadas nas regiões serranas do Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil.

Doenças típicas do inverno

O período é conhecido por ser o começo de várias doenças típicas do inverno, como gripes e alergias. A baixa umidade causa desconforto em muitas pessoas, especialmente crianças. Segundo o Ministério da Saúde, a baixa umidade requer cuidados, principalmente com quem já tem ou teve sintomas de doenças do aparelho respiratório.

Algumas atitudes simples podem ajudar no combate aos desconfortos causados pela estação. Alimentação saudável e hidratação constante são extremamente importantes nesse período do ano. Não se deixe enganar pela queda de temperatura: mesmo no frio, a hidratação é importante!

Em casa, deixe o ambiente livre para a circulação de ar, bem limpo e sem a presença de objetos que acumulem poeira, como cortinas, carpetes e bichos de pelúcia. A instalação de um ar-condicionado pode contribuir para a melhor qualidade do ar em sua casa. Aparelhos novos, com tecnologias mais recentes, contam com filtros que impedem a liberação de impurezas.

A falta de qualidade do ar é uma preocupação dentro e fora de casa. A poluição das grandes cidades resseca as vias aéreas e favorece a intensificação de problemas respiratórios. Com a poluição, fica mais difícil para a via respiratória se defender do ar de qualidade ruim. Os cílios das narinas, que são responsáveis por filtrar o ar, passam a ter mais dificuldade para trabalhar. Tanto ressecamento pode causar até sangramentos no nariz! É nessa época do ano que aparecem os problemas como rinite e sinusite. A solução é usar soro fisiológico para hidratar as narinas.

Alimentação e exercícios físicos

Nessa época do ano, a prática de atividades físicas sem acompanhamento profissional pode ocasionar problemas graves de saúde, como forte desidratação. A recomendação é realizar atividades em horários específicos, quando a umidade não está tão baixa. Por isso, evite o período entre meio-dia e seis da tarde.

Beber água antes de sair para o treino também é importante. O ideal é tomar dois copos d’água antes do exercício. Durante e após a prática, o consumo de líquido também é recomendado. Além disso, o consumo de alimentos saudáveis e ricos em líquidos, como frutas e saladas, ajuda quando o assunto é hidratação.

Quer mais dicas de como melhorar a qualidade do ar durante o outono? Busque um aparelho de ar-condicionado que filtre as impurezas e poluição. Você também pode optar por um equipamento quente e frio, para amenizar as baixas temperaturas que começam a aparecer. Conheça os modelos em nossa loja virtual: www.friopecas.com.br.