O ar-condicionado está cada vez mais presente nas empresas e nas residências. As pessoas estão mais adeptas ao aparelho, procurando garantir bem-estar, saúde e conforto para uma vida mais alegre.

E não é só isso: os aparelhos estão cada vez mais modernos, com múltiplas funções, formas de pagamentos facilitadas e tantos outros atributos que não cabe enumerá-los aqui. Pensando nisso, preparamos algumas dicas que você precisa saber para prolongar ainda mais a vida útil do seu ar-condicionado e evitar dores de cabeça:

Manutenção preventiva

Essa é a melhor maneira de evitar danos ao seu aparelho. A manutenção preventiva deve ser feita, de preferência, de três em três meses. É recomendável verificar possíveis entupimentos na válvula de expansão e gases não condensáveis.

Confira também o nível de óleo interno, furos na mangueira, vazamentos em soldas e juntas no condensador e na evaporadora. Procure um técnico de confiança para fazer a manutenção de forma mais assertiva.

 

Filtro HEPA

Um dos grandes benefícios de um ar-condicionado é o filtro HEPA, pois ele é capaz de filtrar todas as impurezas existentes no ar do ambiente, deixando-o mais limpo e saudável.

É importantíssimo atentar-se para a troca desse filtro. Com o acúmulo de sujeiras, a remoção dos alérgenos e impurezas não é feita de forma eficaz, facilitando a propagação de doenças respiratórias. Recomendamos que a troca seja feita a cada três meses, dependendo da quantidade de pessoas e animais que convivem no ambiente.

 

Local de instalação

Uma dúvida muito comum na instalação do ar-condicionado é a respeito do local ideal. Para que o aparelho possa funcionar corretamente, é recomendável que sua instalação aconteça em um local alto, de preferência com a condensadora protegida de chuvas e raios solares. Dessa forma, seu equipamento não sofrerá interferência direta do clima externo.

 

Atente-se aos barulhos

Dependendo do seu modelo de aparelho, é normal que ele faça barulhos durante o funcionamento. Entretanto, é importante observar a frequência e normalidade dos sons durante o uso.

Uma série de fatores pode causar ruídos no seu aparelho: algum pequeno objeto pode ter caído dentro do equipamento; alguma peça pode ter se soltado ou quebrado; ou, até mesmo, ser um problema causado por uma instalação malfeita. Procure um técnico para averiguar essa questão.

 

Capacidade de resfriamento

Para o bom funcionamento de um aparelho é necessário que ele seja instalado adequadamente, de acordo com o local. Ou seja, de nada adianta um ar-condicionado de 7.500 BTUs para resfriar um ambiente de 50 m²; o indicado para um local como este é um aparelho de 21.000 BTUs.

A capacidade do aparelho está diretamente ligada ao tamanho do local e à quantidade de pessoas que farão uso dele. Temos um post completo sobre isso, é só clicar aqui.

 

Agora que você entendeu essas dicas, já pode começar a ficar atento a esses fatores e prolongar a vida útil do seu aparelho, sem surpresas.

Ficou com alguma dúvida ou gostaria de receber algum outro tipo de esclarecimento? Comente no espaço abaixo e deixe-nos ajudar você!